Revista Espaço

A base é o inox

Versatilidade do material o torna ideal para ambientes industriais, com possibilidades de utilização que incluem a aplicação em pisos

A grande circulação de pessoas, máquinas e materiais é uma constante na rotina de uma área industrial, que abriga, simultaneamente, diferentes atividades e logísticas de operação. Nesses ambientes, o objetivo é que tudo funcione como um relógio suíço. Qualquer ação que leve mais tempo do que o necessário é sinônimo de prejuízo. Cenário que se apresenta como ideal para a utilização do inox, que, cada vez mais, ganha espaço dentro das indústrias, com aproveitamento em aplicações diferentes e inovadoras.

Um desses novos usos é a instalação de pisos em aço inoxidável, começando pela própria Aperam, que tem chão formado pelo material nas áreas próximas à linha de corte longitudinal do Centro de Serviços de Campinas. “Ganhamos com a facilidade de limpeza, durabilidade e manutenção simples e rápida, que evita paradas e perda de tempo na produção”, relata o gerente de Logística da unidade, Ronaldo Salles.

Recentemente, a aplicação também chegou às unidades da Tramontina, parceira da Aperam South America e uma das principais consumidoras do material do país. Os pisos de inox passaram a compor os prédios de cutelaria da organização, em Carlos Barbosa (RS). “Temos observado a ampliação do uso do inox em pisos não só em áreas de produção, mas também em prédios e locais de circulação de pessoas, que buscam, além das propriedades já conhecidas do material, ambientes mais claros e bonitos”, afirma o consultor de Marketing e Relações Institucionais da Aperam South America, Marco Fuoco.

Ele também destaca que clientes da Empresa já oferecem ao mercado diversas linhas de pisos: “eles podem ser perfurados para a passagem de luz, ar ou líquidos, assegurando visibilidade, ventilação ou escoamento, e ainda podem se tornar antiderrapantes”.


Por toda a parte

O inox oferece soluções diferenciadas, para cada tipo de ambiente industrial. Por isso, hoje, o material tem presença certa em determinados segmentos, como produtoras de papel e celulose, construção civil, sucroalcooleiro, ferroviário, entre outros.

Sua resistência mecânica à corrosão, à deformação e ao calor, possibilita, por exemplo, a sua utilização nas indústrias petroquímica, metalúrgica e em frigoríficos.

Por não absorver óleo ou umidade, nem acumular resíduos e sujeira, o inox também é ideal para ambientes que exigem limpeza absoluta, como laboratórios farmacêuticos, manipulação de cosméticos e produção alimentícia.

Compartilhar: