Revista Espaço

Conexão Gueugnon-Timóteo

Grupo francês vencedor do Challenge 2011 visita unidades brasileiras da Aperam

4

Visita de colegas franceses ao Brasil contou com passagem por Timóteo, onde conheceram de perto os processos industriais da Usina

A Usina de Timóteo recebeu 12 empregados de Gueugnon (França), vencedores do Challenge 2011, evento mundial da Aperam que premia as melhores práticas implantadas ao longo do ano por empresas do Grupo e que promove a troca de experiências, práticas e tecnologias. Os colegas franceses passaram uma semana no Brasil, durante o mês de março. Ficaram dois dias em Timóteo, onde conheceram os processos industriais. “A visita foi muito produtiva. Inúmeras ideias emergiram, pudemos observar de perto alguns processos, como a fase de acabamento de inox à quente, que não conhecíamos, e o Lingotamento Contínuo. Com certeza vamos levar um aprendizado muito grande para nossa planta”, afirmou o líder do grupo, Christophe Ourliac.

Entusiasmados e satisfeitos com a experiência, os franceses elogiaram a receptividade dos colegas brasileiros, a culinária nacional e até arriscaram algumas palavras em português. Também se mostraram impressionados com o ambiente dentro da Usina: “a limpeza das oficinas, os espaços verdes e de convivência, sinalização de segurança e até a valorização do inox nas cabines e instalações. Tudo é muito bonito e bem cuidado”, destacou Ourilac.

Experiências Compartilhadas

5

Testes de inspeção e análise detalhada da estrutura de cada cilindro durante sua vida útil foram decisivos para o sucesso do trabalho desempenhado pela equipe da Laminação a Quente

Após a visita a Timóteo, os integrantes do grupo francês foram para Campinas, sede de um dos centros de serviços da Aperam, e seguiram para o Rio Grande do Sul, onde conheceram duas fábricas da Tramontina, um dos principais clientes da Aperam South America. Antes de retornar à Europa, o grupo esteve no Rio de Janeiro e em Ouro Preto.

A visita tem a mesma proposta da viagem que o Grupo Olho Vivo, da Aperam South America, e vencedor da categoria Imitação do Challenge 2011 fez à Europa, no final do ano passado: premiar os empregados pelo trabalho realizado e promover troca de experiências entre as unidades do Grupo. “Esse intercâmbio é uma ótima oportunidade para integrar processos da Empresa, observar boas práticas e compartilhar iniciativas desenvolvidas em outras unidades do Grupo que,talvez, possam ser replicadas”, avalia a analista de Melhoria Contínua, Cleonice Freitas.

Compartilhar: