Revista Espaço

Eficiência na floresta

Equipamento criado na Aperam Bioenergia garante mais segurança e produtividade aos processos da unidade

As atividades de poda das árvores de eucalipto plantadas pela Aperam Bionergia ganharam em inovação, eficiência e segurança com o desenvolvimento de equipamento que substitui a motosserra em suas operações de poda.

Trata-se do Desgalhador, que reduz o risco de acidentes e garante maior produtividade ao processo de retirada dos galhos, realizado periodicamente para evitar defeitos na madeira, prevenir a ocorrência de incêndios florestais e favorecer o acesso de pessoas à plantação. A Aperam Bioenergia é a subsidiária da Aperam South America, responsável pela produção de carvão vegetal para uso siderúrgico, a partir de florestas de eucalipto plantadas na região do Vale do Jequitinhonha (MG).

“O equipamento traz ganhos imensuráveis para a atividade de desgalha de árvores na colheita florestal. Além de substituir grande número de motosserras, permite que o operador trabalhe protegido e confortável na cabine dos tratores que contam, inclusive, com ar-condicionado”, destaca José Ferreira da Costa Filho, assessor de Desenvolvimento da Aperam Bioenergia.

Criado pela equipe da gerência de Colheita, o Desgalhador foi montado de forma semelhante a uma grade aradora, com discos planos recortados e afiados para corte. As peças são confeccionadas em chapas de aço e acopladas nos tratores florestais utilizados na unidade.

Em operação desde o último trimestre de 2011, o equipamento tem apresentado bons resultados e agradado aos empregados, que se adaptaram rapidamente ao seu uso. “O funcionamento é simples: após a ação do feller buncher – máquina que derruba as árvores e as deixam amontoadas em feixes –, o trator passa sobre eles com o desgalhador sobre a copa das árvores, até deixar o tronco sem galhos”, explica José Ferreira. 12

Compartilhar: