Revista Espaço

Chama que não se apaga

Projeto estimula a conscientização de empregados por meio de palestras e eventos com abordagens diferenciadas

Todos os meses, as lideranças da gerência executiva de Laminação e Acabamento de Aços Inoxidáveis reúnem suas equipes para discutir temas relacionados à Saúde e Segurança. O projeto, batizado de Chama Acesa, envolve todos os empregados da área e vem apresentando resultados satisfatórios, desde que começou a ser desenvolvido, no segundo semestre de 2009.

Segundo o gerente executivo, Paulo Novaes, a iniciativa aumentou nos participantes a percepção dos riscos associados às suas rotinas de trabalho. “Eles estão mais conscientes das atividades que realizam, o que reforça a segurança como um valor”, afirma. Paulo Novaes conta que os bons índices de segurança alcançados pela área, que absorve 474 profissionais, entre próprios e prestadores de serviço, datam de antes da implantação do projeto, o que demonstra o compromisso da equipe com os valores da Empresa. “O Chama Acesa faz parte de um conjunto de ações com foco em saúde e segurança. É uma iniciativa importante, mas não é a única”, pondera. Até o final de janeiro, a área contabilizava mais de 1.300 dias sem acidentes com perda de tempo (CPT) e mais de 600 sem perda de tempo (SPT).

Para o supervisor técnico Eduardo Milagres, um dos diferenciais do Chama Acesa é sua abordagem atual e extensiva. “Buscamos assuntos que não estejam restritos a processos da Empresa. Queremos que as pessoas levem a conscientização sobre segurança também para suas famílias”, explica. Entre os temas gerais que tiveram boa repercussão entre os empregados, Milagres destaca as palestras sobre álcool e drogas, e sobre a BR-381, realizada antes do Carnaval, época em que as rodovias registram um aumento expressivo no número de acidentes.

Face a face

As edições mensais do Chama Acesa começam com uma reunião entre os gerentes da área para definição do próximo tema, que é determinado também pelas próprias necessidades do setor. De forma alternada, um dos integrantes desse grupo se responsabiliza por reunir dados, gráficos e vídeos para montar a apresentação que será discutida com os supervisores. Estes, por sua vez, fazem o repasse do tema com suas equipes, incluindo prestadores de serviço. Os empregados em férias recebem todo o conteúdo ao retornarem.

11

Reuniões mensais para discutir temas relacionados à Saúde e Segurança vêm trazendo excelentes resultados à área

Para o supervisor de acabamento José Renato Nunes, o Chama Acesa já é uma iniciativa consolidada na área e conta com participação expressiva dos empregados. “Sempre sondamos depois a reação do pessoal para saber como foi a aceitação do tema”, conta. “A palestra sobre o risco de contato nos pontos entrantes, por exemplo, surgiu de uma sugestão feita pelos próprios operadores”, acrescenta.

O supervisor de manutenção Paulo Cardi aponta outro fator de sucesso no projeto: o envolvimento efetivo de todas as lideranças da área. A cada quatro meses, o tema do Chama Acesa é o “Maratona Face a Face”, momento em que todo o corpo gerencial, em bloco, percorre a fábrica e conversa com todas as equipes, reforçando a conscientização que já é feita nas palestras. “Essa participação direta da gerência agrada aos empregados e promove a integração de toda a área”, completa Cardi.

Compartilhar: