Revista Espaço

A responsabilidade tem preferência

Treinamento para motoristas aponta os cuidados recomendados no transporte de cargas e o comportamento seguro que deve ser adotado nas estradas

Grande parte do abastecimento de insumos e matérias-primas e da produção da Aperam South America é escoada em caminhões. Por isso, a Empresa mantém cuidados especiais para que os processos de transporte dos produtos siderúrgicos sejam feitos de forma totalmente segura.

As iniciativas começam pelo rigor na contratação das transportadoras e o acompanhamento da sua performance no Programa de Qualificação de Fornecedores (PQF) e alcançam os motoristas, com treinamentos para os cerca de três mil profissionais que atuam nos processos de carga e descarga, transporte interno e escoamento dos produtos.

A capacitação, nomeada de “Transporte seguro: antes de tudo, respeito à vida” e promovida pela equipe de transportes da gerência executiva de Logística Integrada, fornece orientações sobre regras internas de segurança e de carga e descarga, Código de Trânsito Brasileiro, direção defensiva, limites seguros de velocidade e principais pontos de risco nas estradas do país. Além disso, reforça os cuidados que devem ser observados em relação a cada tipo de produto transportado.

8

Equipe de Logística é responsável pela orientação passada a todos os motoristas próprios e prestadores de serviço da Aperam

“Estamos trabalhando preventivamente para reduzir o número de acidentes no trânsito, preservando a integridade do produto e, principalmente, as vidas que circulam em nossas rodovias”, destaca Dílson Melo, analista técnico de Logística.

Os treinamentos acontecem de acordo com um cronograma prévio, que reúne pequenos grupos de caminhoneiros enquanto eles aguardam a chamada para carga ou descarga. Com duração aproximada de 1 hora e 30 minutos, as atividades são ministradas por profissional de uma empresa contratada pela Aperam. “Dados apontam que imprudência, negligência e imperícia são os principais causadores de acidentes no transporte de cargas. Por isso, acreditamos que com a conscientização dos motoristas, por meio do treinamento, podemos contribuir sensivelmente para a melhoria da qualidade e com a segurança dos serviços de transporte”, afirma Pedro Góes, gerente de Logística de Transportes.

“Depois do treinamento, passei a observar mais detalhes na área e a ficar mais preocupado com a segurança, o respeito no trânsito, os pedestres e a sinalização”, relata o motorista Geraldo da Cunha, que presta serviço para a Aperam South America há 15 anos.

O treinamento é requisito obrigatório para habilitar o motorista a entrar nas dependências da Usina para carga e descarga.


Educação além da estrada

A capacitação oferecida pela Aperam também busca orientar os motoristas sobre outras situações críticas encontradas nas estradas brasileiras. São aplicados módulos específicos sobre combate à exploração sexual infantil, trabalho infantil e uso de substâncias ilícitas.“Estamos conscientizando os caminhoneiros de que são práticas ilegais, que podem afetar a vida de várias pessoas e não são admitidas entre os nossos contratados’’, ressalta Pedro Góes.

Da mesma maneira, aspectos relacionados à saúde do motorista também são abordados, como a necessidade de exames médicos regulares, aferição de pressão arterial, cuidados com alimentação, combate ao uso de bebidas alcoólicas e a importância de descanso e sono.

“O treinamento mostra como zelar pela segurança não só dos motoristas, mas também das outras pessoas. É um conhecimento que deve ser levado para a nossa vida”, afirma Ailton Venceslau Cruz, motorista que presta serviços à Empresa há cinco anos.

Compartilhar: