Revista Espaço

O novo papel do inox

Aços duplex são opção excelente para indústrias de celulose e papel2

Um total de 2,2 milhões de hectares de florestas plantadas para uso industrial. Esse, literalmente, é o tamanho que a indústria de papel e celulose ocupa atualmente no Brasil. Alvo de mais de R$ 12 bilhões de investimentos na última década, o setor ainda apresenta 2,9 milhões de hectares de florestas preservadas e tem perspectivas de crescimento significativo nos próximos anos.

Estimulada por esse cenário, a Aperam South America tem investido no desenvolvimento de materiais para o setor, cujos processos exigem produtos especializados. A incursão mais recente e destacada da Empresa foi o fornecimento de mais de 600 toneladas de aços 304L e 2304 (lean duplex) para o projeto Eldorado Brasil, no Mato Grosso do Sul.

Em parceria com uma empresa especializada em soluções de engenharia para o segmento, a Aperam forneceu aço usado na construção de tanques para caustificação e fornos. ”Entramos no segmento ao lado de grandes players globais e em grandes empreendimentos. Nosso objetivo é continuar nesse caminho e ampliar a participação no mercado”, afirma Danilo Monjardim, analista de Negócios da Aperam South America.

O Projeto Eldorado Brasil é direcionado à fabricação de celulose branqueada de eucalipto, a partir de área florestal plantada de 215 mil hectares. O empreendimento, resultado do investimento de R$ 4,5 bilhões pela Eldorado Celulose, associação entre a MCL Empreendimentos e a J&F (controladora da JBS-Friboi), prevê a construção da maior fábrica de celulose do mundo, com capacidade de produção instalada de 1,5 milhão de toneladas/ano do insumo e de 220 MW de energia/hora.


Atributos

“A Aperam está preparada para atender a esse mercado, fornecendo aços duplex, que têm elevada resistência mecânica em relação ao aço austenítico e maior resistência à corrosão”, afirma Oswaldo Pires, engenheiro de Aplicação.

De acordo com a Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa), o país é o quarto maior fabricante de celulose no mundo, com mais de 13 milhões de toneladas produzidas em 2010. Na indústria de papel, ocupa a nona colocação com cerca de nove milhões de toneladas. Entretanto, há espaço para crescimento. ”O Brasil tem potencial enorme para ampliação da indústria, dispondo de um conjunto de atributos altamente favoráveis e que em outros países representam entraves, como espaço, solo e clima compatíveis”, explica Danilo Monjardim. “Queremos aproveitar esse potencial, encontrando cada vez mais aplicações para os aços duplex no segmento”, completa.

Para isso, a Empresa tem desenvolvido um trabalho cada vez mais próximo dos clientes, fazendo visitas, apresentando seu portfólio de produtos e participando de grandes empreendimentos.

Compartilhar: