Revista Espaço

Competitividade

Melhor que a encomenda

12

Frédéric Midy (à frente): capacidade de implantar projetos de grande porte

As áreas de Redução, Engenharia de Projetos e Suprimentos, ao lado da Aperam Bioenergia, responsável pela gestão das florestas plantadas, envolveram-se diretamente na execução do projeto de troca do combustível do Alto-Forno 2.

Graças a um trabalho baseado no mapeamento de possíveis problemas e no estabelecimento de medidas preventivas, as equipes conseguiram que todo o processo fosse executado sem desvios nas metas estabelecidas. E o melhor: anteciparam a curva de aprendizado estipulada para o início das operações. “Adiantamos o processo em 23 dias, graças a uma transição planejada em detalhes, com dois anos de estudos, envolvendo e nivelando todos no processo”, explica Luiz José Gonçalves, analista consultor da Diretoria de Operação da Aperam Timóteo.

Além disso, os resultados de segurança foram exemplares. “Mesmo com atividades críticas e o envolvimento de cerca de 600 pessoas na parada do Alto-Forno para a conversão final do combustível, não foram registrados acidentes durante os 12 dias de trabalho, graças ao comprometimento, determinação e expertise das equipes envolvidas”, destaca Pedro Cirino.

“Considerávamos alguns pontos especialmente críticos, que poderiam requerer atenção especial, como o sistema de desempoeiramento. No entanto, os esforços e a integração coordenada pela Engenharia de Projetos fizeram com que tudo saísse melhor que o esperado, demonstrando o grande comprometimento das equipes envolvidas com o gerenciamento e planejamento da iniciativa”, avalia Frédéric Midy, diretor técnico da Aperam South America.

A estrutura atual do equipamento também favoreceu a transição, como destaca Guilherme do Espírito Santo, gerente da Redução: “Fomos beneficiados pela composição do Alto-Forno 2, com tecnologias muito atualizadas e processos desenvolvidos, que facilitaram o monitoramento constante dos processos com dados confiáveis”, pontua.

“O projeto Carvão Vegetal é uma manifestação de confiança na capacidade da Empresa de implantar empreendimentos de grande porte”, comentou Midy durante a cerimônia.

“Com esse projeto, a Aperam une-se ao esforço de fazer com que a responsabilidade ultrapasse a linha do discurso e alcance a prática”, afirmou MariaHelena Batista Murta, superintendente de Regularização Ambiental do Leste Mineiro, que representou o secretário estadual de Meio Ambiente, Adriano Magalhães, na solenidade de inauguração.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.