Revista Espaço

Criatividade a serviço da vida

Nova campanha de CCQ da Usina de Timóteo estimula a criação de trabalhos baseados em padrões internacionais de segurança

17

Operações de guindastes e içamento estão entre as que receberão foco especial dos trabalhos de CCQ

Desde julho, um objetivo, que se mistura com sentimento, acompanha ainda mais a rotina de todos os circulistas da Usina de Timóteo. Eles estão mobilizados em torno da promoção e manutenção de um ambiente de trabalho seguro, com soluções cada vez mais efetivas para assegurar a não ocorrência de acidentes.

O ponto de partida foi a nova campanha entre os grupos de Círculo de Controle de Qualidade (CCQ) da Aperam, que estimula seus integrantes a desenvolver projetos com base nos Padrões de Prevenção de Fatalidades (FPS – Fatality Prevention Standard), orientações corporativas de segurança que devem ser planejadas e praticadas a todo instante pelos empregados e prestadores de serviços da Aperam.

A campanha, lançada durante o Encontro Anual dos Líderes e Secretários de CCQ, que reuniu 217 profissionais, está em vigor desde o dia 1º de julho e vai até o final de 2012. Até lá, todos os grupos de CCQ da Empresa serão incentivados a desenvolver projetos direcionados a cinco aspectos do FPS: Trabalho em Altura, Consignação de Equipamentos, Espaço Confinado, Trabalho em Ambiente com Risco de Gases e Guindastes e Içamento.

“Após análise feita em conjunto com a área de Segurança, escolhemos os cinco padrões como prioridade para o trabalho. No entanto, nada impede que os grupos desenvolvam projetos com base em outros padrões, já que nossa intenção é identificar possíveis melhorias e reforçar a segurança de uma maneira ampla e geral dentro da Empresa”, ressalta Cleonice Freitas, analista de Melhoria Contínua.


Histórico positivo

18

Projetos serão desenvolvidos com base nos Padrões de Prevenção de Fatalidades. Trabalho em altura é um dos aspectos contemplados

As duas últimas campanhas de CCQ promovidas na unidade tiveram ótimos resultados. Na de Ergonomia, lançada em 2009, foram implantados 1.951 projetos e 605 estão em andamento. Já a campanha de Segurança “Tá na Mão” resultou em 672 projetos implantados, com 291 em andamento e 381 já concluídos. Para a nova mobilização a expectativa é a mesma. “O envolvimento dos circulistas é um grande passo para uma operação cada vez mais livre de acidentes. Com a criatividade e competência dos grupos, tenho certeza de que várias ideias surgirão e colheremos bons resultados ao final do trabalho”, comenta Nelson Alves Júnior, engenheiro de Segurança.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.