Revista Espaço

Para toda obra

Usinas de açúcar e álcool obtêm sucesso na aplicação do inox em suas unidades produtivas

4

Tecnologia em aço inox K03 foi utilizada na Usina Alta Mogiana

O que mais pode ser feito com aço inox? A cada dia, novas aplicações são atribuídas ao material, comprovando sua versatilidade e evidenciando suas características: durável, bonito, higiênico e com ótimo custo-benefício.

Em 2011, uma nova aplicação para o principal produto da Aperam South America teve sua viabilidade comprovada na construção de um lavador de gases inteiramente feito em aço inox K03, para a limpeza de caldeiras de usinas produtoras de açúcar e álcool.

A tecnologia foi empregada no sistema de lavagem de gases de caldeira na Usina Alta Mogiana, em São Joaquim da Barra (SP). “O resultado foi acima do esperado, sem qualquer perda de espessura depois de uma safra em operação e expectativa de vida útil de dez anos”, destaca Lúcio Asai Bailo, engenheiro de Aplicação da Aperam São Paulo.

Aos poucos, o material vai se consolidando como alternativa para a indústria sucroalcooleira. A Usina de São Martinho, em Pradópolis (SP), por exemplo, encomendou à Aperam South America a montagem de mais um lavador de gases em K03. “As perspectivas de mercado são muito boas. Cada conjunto leva cerca de 70 toneladas de inox, e o país possui cerca de 470 usinas de açúcar e álcool”, detalha Lúcio Bailo.

Apenas o início

Novas aplicações em K03 para as usinas sucroalcooleiras estão em análise: chapa perfurada da mesa alimentadora de cana, trilhos do carro de transporte de açúcar, curvas dos economizadores (pré-aquecedor de água) de caldeira e calha de vedação para rolo de moenda. “O uso do inox proporciona maior vida útil e menor necessidade de manutenção, o que se reflete em mais segurança no trabalho, aumento do tempo de safra, açúcar de melhor qualidade e maior eficiência térmica, devido à baixa taxa de incrustação em tubos inox”, afirma Lúcio Bailo.

Compartilhar: