Revista Espaço

De olho no topo

Bons resultados na Pesquisa de Clima estimulam nova meta25

Tornar a Empresa cada vez mais acolhedora e estimulante para quem faz parte dela é uma das missões da Aperam. A evolução dos números da pesquisa de clima de 2015 e a publicação do guia “Melhores Empresa para se Trabalhar”, da revista Você S/A, evidenciam isso e colocam a Empresa em um lugar de destaque

No ano passado, a Aperam conquistou 79,5 pontos e alcançou o 3º lugar no setor siderúrgico, de acordo com a publicação. Satisfeitos? Não. O presidente colocou um desafio para a Empresa. “Eu quero o primeiro lugar. E você?”, disse ele. E complementa: “Estar em um local bom para se trabalhar é bom para todos; para os empregados, para a liderança e para a empresa. Então, se é bom para todos, por que não trabalhar para que isso seja uma realidade?”, convidou.

O resultado da pesquisa de clima realizada pela GPTW, em outubro, indicou 82% de satisfação dos empregados. “Esses resultados (Você S/A e pesquisa) revelam uma gestão de pessoas cada vez mais sólida e demonstram que nosso desafio de figurar no topo das melhores é factível”, comenta Many Moreira, analista de Recursos Humanos. A receita desse sucesso está na aplicação dos compromissos de gestão (we+do).

Liderança próxima

24

Paulo e Cristiano: bom clima baseado no diálogo

Uma das apostas para alcançar o topo consiste na proximidade entre líderes e equipes, uma diretriz do (we+do). Na Gerência de Laminação a Frio dos Aços Elétricos, a tática tem gerado bons resultados. A área conta com 74 pessoas e é liderada pelo gerente Paulo Cesar Camillato há quatro anos. Para ele, a boa gestão pode ser definida em duas palavras: transparência e proximidade. “Todos têm espaço para opinar e eu, assim como os supervisores, estamos atentos às equipes, observando as necessidades de cada um”, relata.

Uma das iniciativas que o gestor tem adotado é o feedback constante. Como boa prática, os supervisores realizam uma conversa com os empregados que retornam de férias. Ali, quem volta ao trabalho, recebe informações da área e pode compartilhar como foi o período de descanso. “É preciso ter interesse genuíno nas pessoas. Isso se reflete no ambiente”, firma o gerente.

Cristiano Fernandes, que opera o laminador de tiras, confirma o acerto da proposta. “Nosso ambiente é amigável e não tem burocracia para travar o diálogo. Acredito que isso impacta no desempenho geral da área”, destaca.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.