Novidades da Aperam

Projeto Educando para a Cidadania foca prioridade à educação

23/10/2017

As Escolas Municipais Ana Moura, Novo Tempo e de Timóteo acabam de receber, por meio do projeto Educando para a Cidadania, o repasse de materiais esportivos diversos, como kimonos e tatames para a prática de Judô; apitos, bombas, bolas, redes, luvas, cones e coletes para o Futsal; atabaques, berimbaus, pandeiros, agogôs, raquetes e reco-reco para a prática da Capoeira. Além de equipamentos como caixas de som portátil, ventiladores e quadros brancos, as escolas foram contempladas também com materiais pedagógicos e materiais para aulas de Grafite. A reforma da quadra da Escola Municipal Novo Tempo, no valor de R$ 15.000,00 é outra iniciativa contemplada pelo projeto. Todos esses bens totalizam um valor de mais de cinquenta mil reais de investimento. 

Os benefícios

A diretora da Escola Municipal Ana Moura, Maria Helena Teixeira, define o projeto como um sonho realizado. “Essa expressão é a melhor definição do Educando para a Cidadania é gratidão. Emocionei-me com a entrega dos materiais à nossa comunidade. É um sonho da escola sendo realizado”.

O Educando para a Cidadania beneficia mais de 300 alunos, dentre eles está o Enzo, de 6 anos. Para sua mãe, Fernanda Cristina Manuel Mateus, a integração da Escola em Tempo Integral com o projeto Educando para a Cidadania tem sido de grande importância na vida escolar do seu filho. “O Enzo passa o dia na escola, e isso me deixa muito tranqüila, pois posso trabalhar sabendo que ele está sendo bem cuidado, em um ambiente saudável que promove seu crescimento em vários aspectos. Depois que o Enzo começou a fazer judô e capoeira, tenho percebido que o interesse dele pela escola aumentou muito.”

Para a coordenadora do projeto, Regianny Oliveira, o grande trunfo do Educando é o fato de ele promover atividades envolvendo a escola, a família e a comunidade, estreitando os laços afetivos entre esses grupos. “Nossa missão é garantir a autonomia do estudante, trabalhando na formação de um ser humano melhor, capaz de construir um mundo melhor, fortalecendo o conceito de cidadania em seu sentido mais amplo. A relação escola, família e comunidade representa um diferencial no cotidiano escolar para a melhoria da aprendizagem”.

Ainda segundo Regianny, trabalhar com a educação integral é um grande desafio. “Garantir a permanência prolongada do aluno na escola é um compromisso desafiador. Para isso, necessitamos de ações que possibilitem articulações entre saberes de forma crítica e dialógica”, enfatizou.

Para o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino, o Educando para a Cidadania é uma importante conquista de valorização da utilização do espaço escolar como forma de preparação para o exercício da cidadania durante a formação dos educandos. “O papel da Fundação junto aos seus parceiros é priorizar a educação, como uma mudança nos alunos, os tornando transformadores da realidade, preparando-os para o futuro.”

Educando para a Cidadania

O projeto Educando para a Cidadania é desenvolvido pela Fundação Aperam Acesita,  conta com a parceria do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Timóteo, Secretaria de Educação e Cultura e Secretaria de Assistência Social. Além do apoio da Fundação Itaú Social, por meio do Edital de Apoio aos Fundos da Infância e Adolescência 2016.

As Escolas Municipais Ana Moura, Novo Tempo e de Timóteo receberam materiais esportivos diversos
Compartilhar: