Novidades da Aperam

Novos horizontes para o inox

28/03/2017

Viabilizado por meio da parceria entre o Centro de Pesquisas da Aperam e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), um estudo que avalia o desgaste erosivo em aços inoxidáveis poderá ampliar as oportunidades de utilização deste material no agronegócio e na mineração. A pesquisa em curso tem origem no estudo desenvolvido durante o mestrado em Ênfase de Materiais pela engenheira química Ana Paula Marques de Oliveira Machado, que encontrou na Aperam a parceira ideal para colocar em prática as análises do trabalho.

Pesquisador da Aperam, Wilian da Silva Labiapari destaca que, fundamentado no conhecimento desenvolvido no Centro de Pesquisa, bastou uma pequena adaptação no equipamento de jateamento de granalha, já utilizado pela para estudos de decapagem mecânica, para que pudesse ser incorporado aos testes destinados ao estudo. “O funcionamento é semelhante ao que tínhamos anteriormente, mas com controle de vazão, ângulo e distância de arremesso das granalhas de aço, para simular o impacto gerado pelo minério”, comenta.

As avaliações prioritárias continuam em curso até o final do primeiro semestre de 2017, mas já é possível observar resultados positivos. “A análise do comportamento e da resistência do inox aponta para um excelente desempenho do material, com potencial para aplicação em equipamentos como o chute, que é responsável pelo recebimento de materiais sólidos na mineração e sofre muitos impactos ao longo da utilização”, explica Ana Paula.

Na próxima etapa, o desempenho de outros materiais, como o aço carbono, será comparado com o do aço inoxidável. As perspectivas são as melhores possíveis: “A versatilidade é uma das principais características do inox e, com esse desenvolvimento, estamos focados em novas possibilidades de utilização, pouco ou nunca exploradas para os aços nesses materiais”, conclui Wilian Labiapari.

Crédito - Divulgação
Equipamento de jateamento de granalha que está sendo utilizado para os testes
Compartilhar: