fbpx

Novidades da Aperam

Fundação Aperam Acesita em parceria com o Senar realiza 184 horas de treinamentos no último trimestre

A parceria da Fundação Aperam Acesita com o Sistema FAEMG/Senar Minas segue gerando bons frutos. Prova disso, são os cursos que aconteceram no último trimestre. Ao todo, 85 pessoas foram capacitadas entre os meses de julho a setembro. Produtores rurais, crianças e adolescentes puderam participar de cursos oferecidos na cidade de Timóteo. 

Produção Artesanal de Salgados e Doces de Festa, Trabalhador da pecuária (equinos)/Aparação de cascos e ferrageamento, Trabalhador Agrícola na Olericultura (orgânico)/Implantação e tratos culturais, Trabalhador de manutenção de roçadeira e podadora e Sexualidade e Prevenção foram os cursos ofertados.  

Os treinamentos foram um conjunto de atividades teórico/prática que possibilitou às pessoas do meio rural, associadas, direta ou indiretamente, aos processos produtivos, a aquisição de conhecimentos, o desenvolvimento de habilidades pessoais e sociais e mudanças de atitudes, favorecendo, assim, uma melhor qualidade de vida e participação na comunidade rural. 

Além disso, os treinamentos motivaram o empreendedorismo rural, mostrando soluções para os desafios do homem do campo. Resultado desse empenho foi o aluno Aloísio da Silva que realizou o curso Trabalhador da pecuária (equinos)/Aparação de cascos e ferrageamento. Atuando no meio rural com a alimentação de animais, Aloísio viu no curso a oportunidade de ampliar seu setor de atuação no campo. “O curso me abriu portas. Hoje, além de continuar atuando com a minha profissão, consigo fazer um extra no meu tempo livre ferrando equinos. O mercado está aberto e pedindo cada vez mais novos profissionais, e eu aproveitei a oportunidade para aprender e empreender na área” destaca. 

De acordo com o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino, o objetivo principal é contribuir para a realização pessoal e profissional do trabalhador rural. “Oportunizar cursos gratuitos que irão formar e habilitar profissionais mais capacitados para as exigências atuais do mercado de trabalho, favorecendo-lhe a melhoria da qualidade e a promoção da cidadania, com ganhos econômicos e sociais ”, pontua o presidente.

Sexualidade e Prevenção

Os alunos de 9 a 11 anos da Escola Municipal “Ana Moura, receberam o curso Sexualidade e Prevenção, ministrado em 20 horas de aula, que propôs informações sobre o funcionamento dos aparelhos reprodutivos do homem e da mulher, e ainda conversaram sobre as transformações ocorridas nas relações interpessoais com a família, escola e grupos sociais. A vulnerabilidade presente nesta fase da vida e as atitudes preventivas que devem ser tomadas para evitar uma gravidez indesejada e prevenir doenças sexualmente transmissíveis também entraram na pauta.

“Durante o curso, percebemos o crescimento da consciência dos alunos e da responsabilidade em cuidar da saúde do seu próprio corpo. As aulas, de forma muito lúdica, abriram um canal para que essas crianças falassem sobre a sexualidade, principalmente no período da adolescência, considerando os sentimentos, a história de vida, os costumes, as relações afetivas e a cultura que identificam e diferenciam cada um deles”, pontuou a diretora da escola, Maria Helena Teixeira.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu