Novidades da Aperam

Carrinho de mão em aço inoxidável

10/08/2018

O aço inoxidável chega com tudo à construção civil e a novidade da vez são os carros de mão em aço inoxidável! Desenvolvidos pela Aperam em conjunto com empresas do setor, o produto em breve estará presente nos canteiros de obras de todo o Brasil, agregando vantagens ao equipamento, como maior durabilidade e menos peso, o que facilita seu manuseio.

Para a confecção da peça, entra em cena o aço inoxidável AISI 409 da Aperam, escolhido por combinar menores custos com excelente estampabilidade e boa soldabilidade, entre outros benefícios (saiba mais sobre a escolha clicando aqui).  

O engenheiro de Aplicação da Aperam, Tiago da Silva Lima, ressalta que a Empresa se dedicou ao desenvolvimento de dois modelos de carros de mão em aço inoxidável, para que os clientes possam escolher o que melhor se adequar à sua finalidade: os modelos estampados são os carros comuns, ideais para o uso no dia a dia; já os soldados são capazes de resistir à construção pesada.

“Finalizamos os protótipos em 2017 e após um ano de testes em campo, em ambiente úmido, o equipamento manteve sua espessura praticamente intacta. Isso nos permite estimar uma durabilidade do inox pelo menos três vezes superior à dos aços comuns aplicados”, destaca Tiago.

Além disso, o aço inoxidável permite fabricar carros de mão com design mais moderno e elimina processos como a galvanização, necessário à fabricação dos modelos em aço carbono para aumento da resistência à corrosão.

“Trata-se de uma aplicação inédita no Brasil e até então pouquíssimo vista no mundo. Os benefícios estão comprovados e estamos seguros da boa recepção que o produto terá no mercado nacional”, conclui Roberto Guida, gerente executivo de desenvolvimento de mercado da Aperam.

Atualmente, a Aperam dedica-se, junto às empresas que atuaram no desenvolvimento, às avaliações comerciais e à montagem de preço para levar o produto ao varejo.

As vantagens da aplicação do aço inoxidável em carros de mão

– Maior resistência à corrosão e à abrasão, culminando no aumento da vida útil;

– Redução da necessidade de intervenções para manutenção;

– Carros menos espessos e mais leves, devido às propriedades mecânicas do material.

Compartilhar: