fbpx

Blog

Solução em inox para pequenos empreendedores

Há mais de 10 anos, o parque do Ibirapuera, o mais frequentado da América do Sul, é o local de trabalho de Eduardo Sales, no carrinho do Duda. O pequeno empreendedor vende coco para os visitantes em um ponto próximo ao prédio da Bienal (Pavilhão Ciccillo Matarazzo), na Ladeira da Preguiça. É ali que muita gente descansa da caminhada, pedalada, corrida ou passeio.

Duda ia bem em sua barraca, mas enfrentava um problema: estava sempre precisando substituir seus bancos e cadeiras, principalmente por questões higiênicas. “O banco de madeira que apoiava os cocos ficava sempre molhado, deixando uma aparência feia e podendo ser alvo fácil, com o tempo, para a proliferação de bactérias. Já as cadeiras de fibra de vidro tinham que ser trocadas a cada seis meses, por causa da exposição ao sol e à chuva”, comenta o pequeno empreendedor.

Entusiasta do inox, Duda decidiu planejar a substituição de seus utensílios de trabalho, contando com o apoio de uma empresa especializada nesse tipo de confecção. Além dos bancos e das cadeiras, o aço inoxidável foi usado para fazer uma nova coqueira (dispositivo que resfria a água de coco), mesa, chassi para o carrinho e até o cabo da vassoura– e que ele garante que nunca mais quebrou.

“Valeu a pena. Tenho as cadeiras de inox, por exemplo, há três anos e não tive nenhum problema, nem precisei fazer manutenção. O aço inoxidável é mais fácil e prático para higienizar, além de ser mais resistente. É um custo inicial maior, mas que vale muito a pena”, defende o pequeno empreendedor.

Para Adolfo Viana, pesquisador da Aperam, a boa experiência de Duda é mais uma prova da boa performance do aço inoxidável. “As cadeiras ficam submetidas a uma atmosfera urbana, de média agressividade, na qual o aço 304 resistirá com a mesma aparência por muitas décadas – a exemplo do topo do edifício Chrysler Building em Nova Iorque, em aço inox, que está em perfeito estado há quase 90 anos. Já na coqueira o aço inox, por não corroer, manterá a sua superfície íntegra. Isso facilitará a higienização e dificultará a adesão e proliferação de microorganismos, como fungos e bactérias. Além disso, manterá o sabor, a segurança alimentar e as propriedades da água de coco. Por essa razão o aço inox já é uma solução consolidada na indústria alimentícia”, avalia.

Já Lucio Bailo, gerente de Assistência Técnica e Engenharia de Aplicação da Aperam destaca o custo-benefício desse tipo de produto. “O aço inoxidável é muito versátil e possui excelentes resultados em diversas aplicações ligadas à construção civil. Certamente não haverá necessidade de qualquer manutenção ou substituição por um longo período, traduzindo-se em clara vantagem e benefício frente aos materiais que eram empregados anteriormente. Isso sem contar no forte apelo estético, já que o inox também chama a atenção por ser sempre associado a uma ambiente limpo e moderno”, complementa.

Solução em inox para pequenos empreendedores

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Menu